Image reclamação-218x150

O Ministério Público Federal na Paraíba instaurou inquérito civil para investigar atrasos na entrega e extravios de encomendas pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. Portaria com a instauração do inquérito foi publicada na edição desta quinta-feira (22) do Diário Oficial do órgão.

De acordo com o MPF, várias representações foram feitas relatando constantes atrasos e extravios, principalmente de mercadorias provenientes do exterior. Conforme o procurador Werton Magalhães, é necessário apurar melhor uma possível ineficiência na prestação de serviços pelos Correios em João Pessoa, buscando, inclusive, a adoção de medidas que restabeleçam a qualidade no atendimento à população.

Foi encaminhado ofício aos Correios solicitando que justifique, no prazo de 20 dias, os constantes atrasos nas entregas de mercadorias na Capital. A empresa terá que relatar a quantidade de mercadorias recebidas para entrega e efetivamente entregues, mês a mês, no ano de 2017 e em 2018; a quantidade de funcionários responsáveis por tais entregas; o quantitativo de reclamações oferecidas mês a mês em 2017 e 2018 em razão de atrasos na entrega de mercadorias; e eventuais medidas que estejam sendo adotadas ou que poderiam ser implementadas para restabelecer a eficiência no atendimento à população.

Deverá ser informada, ainda, a quantidade de mercadorias extraviadas, mês a mês, no ano de 2017 e em 2018, bem como a quantidade de reclamações recebidas no mesmo período relacionadas a tais extravios, indicando o procedimento adotado pela empresa quanto ao ressarcimento do remetente e do destinatário.

 

Com Mais PB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here