Image sddefault

A Comissão de Assuntos Sociais aprovou projeto que altera a Consolidação das Leis do Trabalho para, nos casos de parto prematuro, o período de internação do bebê não ser descontado da licença-maternidade.

Com TV SENADO

ASSISTA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here