Image TJ-696x522

O Ministério Público do Trabalho interditou, na tarde desta quarta-feira (25), o prédio frontal do Tribunal de Justiça da Paraíba. O órgão havia realizado uma inspeção no local e constatado diversas irregularidades na estrutura física, inclusive com risco de desabamento.

O procurador do Trabalho, Eduardo Varandas, vai se reunir nesta quinta-feira (26) com o presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Joás de Brito, para tratar como será o funcionamento do TJ durante a interdição.

No encontro também serão discutidas as ações que o poder judiciário poderá fazer para reestruturar o prédio.

A reportagem entrou em contato com o Tribunal de Justiça da Paraíba, mas foi informada que a direção está reunida para se posicionar sobre a interdição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here