Image greve-696x362

Os professores da Rede Estadual de Ensino paralisaram as atividades nesta quarta-feira (25) para protestar pelo Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) da cartegria. Segundo informou a secretária de formação do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Estado da Paraíba (Sintep-PB), Socorro Ramalho, em entrevista a Rádio Correio, o motivo da paralisação é sensibilizar o governador Ricardo Coutinho (PSB), para que ele encaminhe o projeto à Assembleia Legislativa e este seja aprovado.

De acordo com a secretária,  o plano foi discutido com todas as entidades representativas da categoria, o Sintep e a Associação dos Professores em Licenciatura Plena do Estado da Paraíba (APLP), junto com a Secretaria de Educação estadual. “Toda essa mobilização é na intenção de que o governador enviei o projeto, que só pode ser enviado até julho por conta das eleições. Esse plano será a bíblia dos trabalhadores da educação, onde vai estar regulamentado por lei toda a nossa carreira profissional, com direitos, deveres, piso salarial, garantia de sair para estudar para mestrado e doutorado”, declarou.

Socorro mencionou ainda que alguns professores das Escolas Cidadãs em tempo integral estão com medo de paralisar as atividades e destacou que não existe nenhum termo que proíba que a categoria realize paralisações. “Paralisação não tem que estar em calendário de Secretaria e sim no calendário do Sindicato. Não há absolutamente nenhuma proibição, nós temos o direito de lutar. Nossa categoria é muito bem esclarecida e informada – pontuou”, disse.

A categoria se reúne para um debate sobre o PCCR a partir das 15h, na sede do Sintep, na Rua Coronel João Lourenço Porto – Centro, Campina Grande.

 

com Marcio Rangel

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here