Image cidade-madura-696x481

A experiência pioneira do programa Cidade Madura, criado pelo Governo do Estado da Paraíba, por meio da Companhia Estadual de Habilitação Popular (Cehap), para atender idosos servirá de modelo para o estado do Paraná. A gestão do condomínio e a promoção da integração entre os idosos residentes foram alguns dos pontos que chamaram a atenção do Governo do Estado do Paraná, que mapeou todos os programas e políticas voltadas para esta faixa etária nos demais estados brasileiros e acabou optando pelo modelo paraibano.

Nesta terça-feira (10), equipes técnicas da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) e da prefeitura de Jaguariaíva, primeira cidade que desenvolverá o projeto, visitaram os condomínios do Cidade Madura em Guarabira e em João Pessoa. O Cidade Madura foi o primeiro programa habitacional do País voltado para a terceira idade, e já serviu de referência para outros estados, além de ter conquistado diversos prêmios.

A presidente da Cehap, Emília Correia Lima, afirmou que o Cidade Madura tem consolidado a sua referência para outros estados brasileiros. “Essa política de habitação voltada para idosos começou de forma inédita na Paraíba, e tem evoluído de forma significativa, o que tem chamado a atenção de todo o País. O interesse de estados como o Paraná nos dá a certeza de que as políticas desenvolvidas pelo Governo do Estado estão no caminho certo”, disse.

O superintendente de Programas da Cohapar, Kerwin Kuhlemann, explicou o motivo de o Paraná ter se interessado pelo Cidade Madura depois de a equipe ter mapeado vários projetos de habitação popular voltados para o público idoso em todo o País. “Nós mapeamos todos os programas e políticas voltadas para o público idoso em todo o Brasil. Verificamos algumas experiências como a de São Paulo, mas o projeto da Paraíba é o que se aproxima melhor do conceito que nós gostaríamos, principalmente na gestão”, afirmou.

Já o superintendente jurídico da Cohapar, Alessandro Alves Leme, destacou a integração entre os idosos proporcionado pelo modelo do Cidade Madura. “Essa visita servirá para conhecermos de perto esse projeto superinteressante desenvolvido pelo Governo da Paraíba, e aplicarmos no Paraná, fazendo as necessárias adequações à nossa realidade”, completou. “É um condomínio que promove a integração entre os idosos, algo muito importante nessa faixa etária”, prosseguiu.

O prefeito de Jaguariaíva, José Sloboda, disse que tem boas expectativas na implementação do projeto-piloto no Paraná. “A cidade que eu administro já tem as condições de ser pioneira no desenvolvimento de um projeto do porte do Cidade Madura, que é bem mais interessante do que nós pensávamos. É emocionante o cuidado, o respeito que o Governo da Paraíba está tendo com a pessoa idosa. Queremos replicar esse projeto o mais rápido possível”, finalizou.

Cidade Madura

Criado pelo Governo do Estado de forma inédita em todo o País, em 2011, o projeto Cidade Madura atende pessoas idosas atualmente em cinco municípios paraibanos: João Pessoa, Campina Grande, Guarabira, Cajazeiras e Sousa.

O empreendimento tem como principal característica ser um condomínio fechado, que dispõe de unidade de saúde, centro de vivência, praça e horta comunitária, além de pista de caminhada. O urbanismo e as edificações seguem as regras de acessibilidade para idosos. Cada edificação abriga duas unidades – Secom-PB.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here