Image

Nesta terça-feira (29), o fluxo de abastecimento dos caminhões-tanque foi semelhante aos dias comuns no Porto de Cabedelo. Ontem, o Porto forneceu 3 milhões de litros de combustível, o dobro do que estava sendo liberado nos dias mais críticos de protesto, quando era fornecido apenas 1,2 milhão de litros por dia.

Em contato com  nossa redação, a presidente da Companhia Docas, Gilmara Temóteo, garantiu que situação já está se normalizando. A expectativa é que hoje a quantidade de litros carregados pelos caminhões ultrapasse a quantidade de segunda-feira.

“Não voltou 100% do fluxo, mas os caminhões já estão abastecendo normalmente”, conta. De acordo com Gilmara, no Porto de Cabedelo já não há concentração de caminhoneiros em protesto. Os que estão lá abastecem os veículos para distribuir combustível para os postos da Paraíba.

Apesar do considerável aumento na saída de caminhões, algumas cidades enfrentam situação de escassez. O motivo, segundo a presidente, são os protestos que ainda acontecem nas estradas. “Isso dificulta que o combustível chegue ao interior do estado”, explicou.

 

Com MaisPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here