Museu de Arte Popular da Paraíba anuncia “Sextas Musicais & Gente Nossa” com Luizinho Calixto e convidados

0
22

O Museu de Arte Popular da Paraíba (MAPP), da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Campina Grande promoverá na próxima sexta-feira (18), às 19h, o evento gratuito, “Sextas Musicais & Gente Nossa”

Os dois projetos que denominam a iniciativa provêm da UEPB e pela semelhança de objetivos, preservação e propagação da cultura nordestina, uniram as ideias com vistas a oferecer uma alternativa de entretenimento e gratuita em Campina Grande. Na oportunidade, o músico Luizinho Calixto se apresentará trazendo como convidados Jorge Simas e Nestor do Cavaquinho.

Professor do Centro Artístico Cultural da UEPB desde 2013, Luizinho é dono de um trabalho expressivo no panorama musical. O que lhe rendeu fama, certamente, foi o fole de oito baixos, no qual é dono de versatilidade admirável. Passeia pelo tango, bolero, chorinho, valsa, bossa nova, frevos, além, é claro, dos xotes, forrós, sambas baiões e marchinhas juninas, mas Luizinho também toca acordeon 120 baixos, violão e cavaquinho, assim como instrumentos de percussão, a exemplo de zabumba, pandeiro, triangulo, agogô e reco-reco.

Do espetáculo no MAPP, o público pode esperar um repertório bem construído e variado, trazendo medalhões da música e também canções autorais, conforme acrescentou Luizinho. A ideia de convidar Jorge Simas e Nestor do Cavaquinho, aliás, veio de Luizinho, já que ambos fazem parte não apenas do seu trajeto musical, mas de seu convívio próximo. “Além de andarmos lado a lado profissionalmente, somos amigos há muito tempo. Eles me perguntavam por que eu não queria me apresentar com eles, eu respondia que não gosto de más companhias”, disse, brincando.

Iniciativa exitosa criada em 2011 pela professora do Departamento de Comunicação da UEPB, Goretti Sampaio, o programa “Gente Nossa” foi concebido dentro do curso de Jornalismo da Instituição. Assim, o programa tem a produção, texto, entrevistas e gravações feitas por estudantes do curso, sob a atenta coordenação de Goretti, configurando-se como laboratório para os futuros profissionais da área.

A atividade conta com o apoio da Coordenadoria de Comunicação (Codecom) da UEPB, atualmente envolve 23 estudantes e objetiva valorizar, preservar e disseminar o fazer criativo dos artistas regionais. Todos os conteúdos estão hospedados no site www.reporterjunino.com.br e também podem ser vistos no canal https://www.youtube.com/user/gentenossauepb.

O “Gente Nossa” já entrevistou diversas personalidades entre músicos, artistas, poetas e escritores, a exemplo de Oliveira de Panelas, João Gonçalves, Elino Julião, Rangel Junior, Manoel Monteiro, Duduta e Seu Regional, José Laurentino, Jessier Quirino e Marinês.

Partindo da informalidade e permeado por bate-papo e interação com a plateia, o projeto “Sextas Musicais” foi desenvolvido pelo MAPP da UEPB, tendo sido o seu primeiro encontro realizado em fevereiro de 2016. Os eventos têm entrada franca e almejam apresentar ao público grandes nomes da música nordestina, notadamente aqueles com mais tempo de trabalho na área e com significativa contribuição para a cultura paraibana.

A ideia do “Sextas Musicais” não é ser um show, mas um momento intimista em que o convidado possa encontrar os admiradores do seu ofício e contar um pouco mais sobre sua vida, obra e inspirações. Já passaram por ele artistas como Biliu de Campina, Mestre Marrom, Benedito do Rojão, Três do Nordeste, Severino Medeiros, As Ceguinhas de Campina Grande, Marcos Farias e Sabrina Vaz, entre outros.

Pela similaridade de ideais entre as atividades, o pró-reitor de Cultura, José Cristóvão de Andrade, entendeu que alinhá-las fortaleceria essas práticas. “Ambas as iniciativas vêm da Universidade, agregam professores, alunos e o público, sempre com essa tônica de ressaltar a nossa Arte, de louvar os nossos artistas e de resguardar e propagar o talento de raiz”, apontou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here