Image mourão-218x150

Após um possível desentendimento ser cogitado entre os senadores pré-candidatos à reeleição Raimundo Lira (PSD) e Cássio Cunha Lima (PSDB), fato negado pelo ex-emedebista na quarta-feira (2), foi a vez do tucano comentar sobre o assunto na tarde desta quinta-feira (3). Ambos são apontados como senadores na chapa da oposição encabeçada por Lucélio Cartaxo (PV), e setores da política analisavam as senatórias como “chapa do cada um por si”.

“Claro que não. Não há ruído algum. O que existe é sentimento de colaboração, de contribuição por um projeto”, afirmou Cássio Cunha Lima sobre relação com Raimundo Lira, em entrevista a uma rádio de João Pessoa.

De acordo com o tucano, as eleições deste ano serão importantes para definir o futuro do país nos próximos dez anos. Para Cássio, o Brasil no ano que vem terá um divisor de águas. “Ou o Brasil apruma o passo, retoma o crescimento, muda o que precisa ser mudado, ou vamos perder mais uma década talvez”, analisou.

Cássio ainda rechaçou a possibilidade de deixar o PSDB, mesmo no momento que vive o partido a nível nacional e na crise política no geral. “Não. Não cogitei e nem estudo. Não está no meu radar, no meu plano político, qualquer mudança partidária. Não cogitei e nem estou cogitando”, declarou.

 

Com Blog do Gordinho

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here