Image IMG_20180508_174439-218x150

Deve começar na tarde desta terça-feira (29) a escolta de caminhões até o porto de Suape, em Pernambuco, para buscar gás de cozinha até o estado da Paraíba. O governador Ricardo Coutinho determinou desde ontem que a Polícia Militar juntamente com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) possa acompanhar o transporte do produto.

De acordo com Gilmara Temóteo, diretora presidente do Porto de Cabedelo, o gás de cozinha chega por via rodoviária até uma empresa privada localizada dentro do complexo portuária. “Chega tanto aquele gás que vai ser envasado para os botijões, quanto aquele que vai para os tonéis, que são para outras utilidades”, explicou Gilmara, lembrando que no entanto, atualmente o estoque está zerado.

A determinação do Governo do Estado, segundo Gilmara detalhou, é que “faça escoltas de caminhões até Suape para buscar o produto, faça a escolta de volta até Cabedelo para que esse produto chegue, seja envasado e seja distribuído para a população”.

A distribuição de gás de cozinha ficou completamente prejudicada devido à paralisação dos caminhoneiros, que estão em greve há nove dias. Com os caminhões parados, foi identificada uma crise de desabastecimento de combustíveis e outras mercadorias transportadas pelas rodovias.

 

Com ClickPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here