Image supermercado-696x464

A greve dos caminhoneiros e motoristas de várias modalidades chega ao quinto dia, em todo o país, com consequências alarmantes em supermercados e bancas em feiras livres. Nos locais não há, por exemplo, tomate, alface e outros alimentos perecíveis.

Na Zona Sul, em Mangabeira, quem precisou comprar algum produto, prateleiras vazias destacam-se nos estabelecimentos. Carnes, materiais de limpeza e itens básicos à higiene pessoal não são vistos.

O desabastecimento decorre da greve e não há previsão para reposição. Também há repercussão quanto o gás de cozinha, de acordo com o Sindicato dos Revendedores da Gás da Paraíba (Sinregás-PB), 95% dos pontos de revenda já estão desabastecidos e a previsão é de esgotamento até as 17h desta sexta-feira (25).

Com polemica Paraiba

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here