Image homem_penis-696x487

Um britânico de 44 anos, que nasceu sem pênis, recebeu um implante de “pênis biônico”.

Wardle nasceu com um defeito congênito conhecido com extrofia vesical de bexiga, problema que atinge a uretra e a bexiga, que fica exposta para fora do abdômen.

Ele foi submetido a uma cirurgia chamada faloplastia peniana – geralmente utilizada para aumentar o tamanho do pênis.

A operação de Andrew Wardle foi feita pela equipe do urologista David Ralph, especialista em reconstrução genital.

Andrew recebeu o implante de pênis na última sexta-feira no Hospital Universitário da Universidade de Londres.

Depois de passar pela cirurgia, ele disse estar satisfeito e animado para o futuro.

250 mil reais

A cirurgia custou 50 mil libras, ou 250 mil reais.

“Um cirurgião americano me disse que eu sou o dono do pênis mais caro do mundo agora. Estou muito satisfeito com o procedimento e com a assistência médica que recebi”, concluiu.

O tamanho do novo pênis foi discutido entre Andrew e seu cirurgião.

“Eles verificam seu braço. Eu tinha um antebraço saudável, então consegui um pênis de bom tamanho, contou, sem revelar detalhes.

Os médicos disseram que ele deve esperar seis semanas antes de fazer sexo com sua namorada, Fedra Fabian.

“Eu passei 44 anos sem ter um órgão sexual. Pulei várias etapas importantes da vida de um adolescente, como perder a virgindade, por exemplo. Apesar de estar muito animado, eu não tenho pressa. Creio que demorarei um tempo até me acostumar com isso. Mas estou feliz, e agora sou diferenciado, quase um ciborgue”, disse, brincando.

O pênis biônico

O ‘pênis biônico’, nome dado por Wardle, foi criado a partir da pele, músculos e nervos do braço esquerdo e da veia da perna direita.

A pele do antebraço e uma veia na perna foram enrolados no formato de pênis.

Dentro do pênis há um implante peniano que bombeia o fluido salino para dentro do cilindro e faz com que o pênis fique ereto para o ato sexual. (veja ilustração abaixo)

História dura

Por causa da extrofia vesical de bexiga, a uretra e genitália de Wardle não se formaram completamente.

Durante a infância, os médicos conseguiram mover a bexiga para dentro de seu corpo, mas ela era muito pequena e ele estava propensa a infecções, o que o levava ao hospital regularmente.

Para corrigir o defeito congênito, ele passou por 15 cirurgias, uma delas para criar uma abertura artificial que serviria de tubo urinário.

O drama de Wardle afetou outros aspectos da sua vida. A mãe o deu para a adoção ainda bebê, mas ele só foi adotado 18 anos depois.

Seu raro defeito de nascença levou Andrew a tentar o suicídio, mas em 2012 ele recebeu esperança depois de ser encaminhado a Dan Wood, um urologista consultor da UCLH em Londres, que lhe deu uma nova expectativa.

A virada

“Eu posso construir uma nova bexiga e meu amigo pode construir um pênis para você”, contou Andrew Wardle sobre as palavras do médico.

Andrew disse: ‘Meu médico sabia sobre minha depressão e tentativas de suicídio e me disse’ Você não pode viver assim ‘.

Antes de receber o implante, o britânico passou por outros procedimentos cirúrgicos em 2014, nos quais ele removeu a bolsa de urostomia, onde a urina é armazenada e implantou um cateter para dar a ele maior praticidade na hora de fazer as necessidades fisiológicas.

Image 4D9FEC1E00000578-5882201-A_diagram_shows_how_Andrew_s_bionic_penis_is_taken_from_skin_fro-a-5_1530000466895

 

 

 

Com Daily Mail