Image são-joão-1-696x392

Com maior rigor no controle de entrada e saída do público, além de uma estrutura de segurança reforçada, O Maior São João do Mundo fechou seus primeiros quinze dias com um balanço de 18,97% de redução no número de ocorrências policiais em relação ao mesmo período do ano passado.

Até o momento, o evento recebeu um público circulante recorde, superior a 1 milhão de pessoas. Apenas nas noites de sexta (22) e sábado (23), quando se acendem as fogueiras, foram mais de 150 mil pessoas de público rotativo por noite no Parque do Povo. Vale lembrar que a festa também se estende aos polos de Galante e São José da Mata.

Sem registros de violência por armas brancas, algo inédito nos 35 anos de celebrações juninas, o delegado Henry Fábio, da Polícia Civil, apresentou nesta segunda-feira (25) um conjunto de estatísticas que mostram o sucesso da festa e os bons resultados apresentados pelo esquema de segurança, composto por 90 homens e mulheres fazendo a revista nas entradas; 500 militares, além do serviço realizado por meio da Central de Monitoramento, com o acompanhamento de 106 câmeras distribuídas pelo Parque do Povo.

De acordo com os registros oficiais apresentados pela Polícia Civil, o total de ocorrências é de 94 até o momento. Em 2017, neste mesmo período, este número foi de 116. Dentre as ocorrências em 2018, estão furto de celular (30) e de documentos  (13), tráfico de drogas  (7) e porte de arma branca (2), dentre outras.

“Junto com a Polícia Militar, temos trabalhado muito na prevenção aos crimes e com isso garantimos o caráter familiar da festa”, afirma o delegado Henry Fábio.

“Também temos investido na inteligência e no rigor ao fazer as revistas, evitando que as pessoas portem armas ou objetos que possam servir a agressões”, acrescenta.

 

Para os organizadores do Maior São João do Mundo, o trabalho continua firme para garantir a alegria dos forrozeiros até o dia 8 de julho, quando se encerra toda a programação da festa.

 “Temos aqui uma estrutura moderna e pronta para receber um público ainda maior do que o do ano passado. Deveremos ter um publico superior a 2 milhões de pessoas”, afirma Luiz Otávio Vieira, diretor da Aliança Comunicação e Cultura.

“O nosso São João é mais importante para a economia de Campina Grande que o período de Natal. Por isso, nos dedicamos muito a manter o alto nível e o padrão de qualidade da festa”, acrescenta Jomário Souto, diretor da Medow Promo. A Aliança e a Medow são parceiros na organização e montagem do São João.

Foto: Assessoria Aliança Comunicação e Cultura e Medow Promo