Image temer-1

O presidente Michel Temer pode viajar para a Rússia caso a seleção brasileira chegue à final da Copa do Mundo de 2018.  

Os assessores do chefe de Estado brasileiro já incluíram em sua agenda, no dia 15 de julho, data da final da Copa, uma possível viagem ao exterior.

Temer ordenou que, nesta quarta-feira (27), os Ministérios e outras agências públicas suspendam suas atividades durante a partida entre Brasil e Sérvia, válida pela última rodada do grupo E.

O Supremo Tribunal Federal (STF) também alterou sua agenda para que os juízes possam assistir ao jogo decisivo, que começará às 15h (horário de Brasília).

Para assumir a primeira colocação do grupo F, o Brasil precisa derrotar a Sérvia, em Moscou.

Com Istoé