Image lula-e

A juíza Maria de Fátima Labarrère, do TRF-4, negou a admissibilidade do recurso de Lula ao STF contra a condenação de 12 anos e um mês, por corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do triplex do Guarujá.

Na decisão, a juíza afirmou que não prosperam os argumentos da defesa em relação à imparcialidade do juiz Sergio Moro nem sobre um possível excesso da acusação.

A medida, avalia o site Jota, deve influir na nova investida dos advogados de Lula, que já propuseram ao STF prisão domiciliar ou outras medidas cautelares como alternativa caso a Segunda Turma não suspenda os efeitos da condenação.

Com o Antagonista