Image ronaldo-morte

Foi exatamente em um sábado dia 07 de julho de 2012 às 9h35. Um dos médicos da família que o acompanhava confirmava a morte por insuficiência respiratória.

Morria naquele dia o ex-governador da Paraíba Ronaldo Cunha Lima aos 76 anos em seu apartamento, em João Pessoa. Ele lutava contra um câncer no pulmão desde 2011. Ronaldo ficou vários dias sob efeitos de sedativos e a família já dizia que a situação era irreversível. Ronaldo Cunha Lima fez uma história política de quase 50 anos e se orgulhava de ser chamado de ‘Poeta’. O corpo foi velado na “Piramide” do Parque do Povo e foi sepultado no Cemitério do Monte Santo em uma das tardes mais tristes de Campina Grande. O cortejo seguiu pelas ruas do Centro acompanhado de grande multidão.

Ronaldo José da Cunha Lima  nasceu na cidade de Guarabira em 18 de março de 1936  e morreu em João Pessoa, 7 de julho de 2012. Ronaldo  foi um advogado, promotor de justiça, professor, poeta e político brasileiro. Durante sua carreira política foi vereador de Campina Grande, prefeito em duas ocasiões, governador da Paraíba, senador da república e eleito deputado federal por duas vezes. 

Também foi conselheiro federal da Ordem dos Advogados do Brasil e membro da Academia Paraibana de Letras.

Da redação

foto Chico Moraes