O jovem empresário Pedro Sales, sócio diretor da empresa Brisanet esteve nesse final de semana em Campina Grande acompanhando as obras da empresa que estão em andamento na cidade Rainha da Borborema. Pedro também fez questão de participar da festa do Maior São João do Mundo. Durante o dia conheceu pontos turísticos da cidade, fez visita a Vila São João e a noite foi até o Parque do Povo onde foi recebido no camarote do prefeito Romero Rodrigues. O empresário que chegou em Campina na tarde da sexta feira (29), ficou encantado com a magnitude do evento.

Conforme o gestor, muitas vagas de emprego serão abertas em Campina Grande. Atualmente já existem vários campinenses em fase de treinamento. A previsão é que a sede da empresa seja instalada na cidade nos próximos meses, abrindo vagas para atendentes, supervisores, técnicos e vendedores. Na Central de imprensa Pedro foi entrevistado por jornalistas e falou sobre a chegada da Brisanet na cidade.

A Brisanet é uma empresa que foi criada no estado do Ceará com atuação no Rio Grande do Norte e Paraíba e Pernambuco levando cabos tecnológicos para a frente de milhares de casas na região. Ao todo, é uma rede de mais de 30 mil quilômetros. Ela se conecta a cabos submarinos que chegam à Praia do Futuro, em Fortaleza, e permitem que os clientes tenham acesso à internet a ótimas velocidades, além de TV a cabo e telefone.

Fibra óptica (ou ótica) é um filamento flexível e transparente fabricado a partir de vidro ou plástico e que é utilizado como condutor de elevado rendimento de luz, imagens ou impulsos codificados. Têm diâmetro de alguns micrômetros, ligeiramente superior ao de um fio de cabelo humano. Por ser um material que não sofre interferências eletromagnéticas, a fibra ótica possui uma grande importância em sistemas de comunicação de dados.

Inicialmente as fibras óticas eram utilizadas como guias de transmissão de sinais óticos e operavam entre distâncias limitadas, pois apresentavam grande perda de luz na transmissão e alto calor que os lasers produziam e tinham problemas com as emendas. Contudo, em meados dos anos 70, ocorreu um aprimoramento significativo das técnicas ópticas utilizadas, e devido a isso, tornou-se possível a monitoração de grandezas e a troca de informações a longas distâncias. No Brasil a fibra óptica foi introduzida apenas em 1977, após grandes pesquisas, realizadas na sua maioria pela UNICAMP.

Com sede em Pereiro, a Brisanet leva internet de fibra óptica para cerca 300 mil assinantes no Interior de quatro estados e ainda nesse mês de julho o sinal estará liberado em Campina Grande.

 

Da redação