Image giroflex-696x522

Estudantes do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), da UFPB foram vítimas de um arrastão durante aula na noite desta quarta-feira (18), no bairro Castelo Branco, em João Pessoa. De acordo com o relatos das vítimas, ele estava armado e chegou a desejar “boa aula” ao sair do local.

Segundo alguns alunos do curso de Contabilidade, o homem estava bem vestido e entrou calmamente na sala. A professora chegou a afirmar que pensou que ele era um aluno.

De maneira bem tranquila, o suspeito mostrou a arma para as vítimas e ordenou que entregassem os celulares. Mais de dez aparelhos foram entregues ao suspeito, que se retirou em seguida.

Em nota, o prefeito universitário, Professor João Marcelo, lamentou o episódio e disse que a Instituição está a disposição. Ele disse ainda que rondas estão sendo realizadas pela Polícia Militar, que foi chamada, e que a equipe de segurança do Campus está tentando rastrear alguns celulares.

Confira a nota do prefeito do universitário:

Prezados (as) Professores(as) e Servidores (as), 

Informamos que na noite de hoje (18/07/2018), no Campus I – Unidade do Castelo Branco, houve um assalto numa das salas de aula do CCSA, precisamente a sala 219, a professora encontrava-se com seus alunos quando um assaltante bem-vestido, com roupa social (calça cinza e camisa verde) fechou a porta, mostrou a arma e anunciou o assalto, levando os pertences (celulares) dos alunos. 

A direção de centro, prontamente acionou a Base de Segurança da UFPB e nós acionamos a Polícia Militar (Batalhão Ambiental), a equipe de segurança privada e a equipe de agentes de segurança da UFPB. 

Ressaltamos que já estão sendo efetuadas rondas na área, com rastreamento por meio dos celulares roubados e em breve deveremos ter novas informações.

Nós que fazemos a Prefeitura Universitária lamentamos o ocorrido nos solidarizando com as vítimas e nos colocamos a disposição para esclarecimentos adicionais. 

Por fim, já marcamos uma reunião para amanhã, visando discutir tecnicamente o ocorrido e verificar medidas de salvaguardar os servidores e estudantes, ou seja, toda a comunidade universitária. 

Prof. João Marcelo
Prefeito Universitário

 

Com Paraiba Debate