Image dr-bumbum-696x431
RJ - DOUTOR BUMBUM/RIO - CIDADES - O mÈdico Denis Furtado, conhecido como Dr. Bumbum, fala para a imprensa no 16™ DP (Barra da Tijuca), na zona oeste do Rio de Janeiro, para onde foi encaminhado depois de ter sido preso por policiais do 31∫ BPM (Barra da Tijuca), na tarde desta quinta-feira, 19. Ele È acusado da morte da banc·ria Lilian Calixto, de Cuiab· (MT), ocorrida no ˙ltimo domingo, depois de submetÍ-la a procedimento estÈtico irregular, realizado em sua cobertura, no mesmo bairro. Denis foi detido em um centro empresarial na zona oeste. 19/07/2018 - Foto: F¡BIO MOTTA/ESTAD√O CONTE⁄DO

A bancária Lilian Calixto, 46 anos, não foi a única vítima da falta de profissionalismo do médico Denis Furtado, 45. No Distrito Federal, pacientes do “Dr. Bumbum”, como é conhecido, começam a aparecer e contar as histórias absurdas das consultas com ele. As orientações, muitas vezes, eram passadas por WhatsApp. Denis foi preso nessa quinta-feira (19/7), no Rio de Janeiro, acusado de provocar a morte de Lilian – a mulher foi a óbito no domingo (15), após se submeter a um procedimento estético com Furtado.

Em áudios aos quais o Metrópolesteve acesso, uma advogada mostra como o médico agiu após ela ter feito um tratamento malsucedido no bumbum. A mulher ficou com uma ferida no glúteo. Informou que estava tomando a medicação prescrita pelo profissional, mas não conseguia se recuperar. A paciente reclama de um excesso do produto usado por “Dr. Bumbum” para o preenchimento do músculo direito.

Quando toma ciência da queixa da advogada, moradora de Brasília, o médico a responde. Ele explica o que poderia estar ocorrendo e a aconselha, inclusive, a cauterizar a própria ferida. Na mensagem (ouça abaixo), é possível ouvir Denis ensinando a técnica para acelerar o processo de cicatrização.

Se você espremer um pouquinho aquele excesso e colocar o esparadrapo bem agarrado, pode ser que dê certo. Agora, eu posso lhe ensinar uma técnica com uma tesoura: esquenta ela no fogo e encosta de leve nas bordas. Isso se chama cauterização. Também pode dar certo

Denis Furtado, em conversa com paciente

Ele conclui: “Mas você tem que drenar o excesso, tomar o antibiótico, colocar o curativo, e eu vou te acompanhando nesse processo”.

 

Foragido da Justiça desde o começo da semana, “Dr. Bumbum” foi preso no Rio de Janeiro, na tarde dessa quinta-feira (19), com a mãe, a médica Maria de Fátima Barros Furtado. Eles eram procurados pela polícia. A partir de uma denúncia, a PM carioca acionou o setor de inteligência e prendeu a dupla em um centro empresarial da Barra da Tijuca, área nobre da cidade.

Image PM-Rio

Ainda nessa quinta (19), o médico teve o registro cassado pelo Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF). “O processo ético-profissional ao qual ele respondia foi concluído, com a decisão de cassação do exercício profissional, que deve ser, obrigatoriamente, submetida ao Conselho Federal de Medicina (CFM). Estão sendo cumpridos os prazos e as etapas administrativas previstas na legislação competente”, informou a instituição, em nota.

Com Metrópoles