Image Boeing-737-MAX-525x350

A  GOL anunciou agora à noite uma ordem de compra de 60 aeronaves 737 MAX com a Boeing, que serão entregues no próximo mês de agosto. A companhia utilizará os novos aviões, principalmente, para a renovação de sua frota no futuro.  A encomenda, no valor de R$ 6 bilhões,  é a maior em número de aeronaves da história da GOL, que será a responsável por lançar o modelo 737 MAX no continente sul americano e uma das primeiras companhias a operar o novo equipamento no mundo. As informações de que haveria um grande anúncio hoje fizeram com que as ações da companhia na Bolsa disparassem.

O Boeing 737 MAX está em desenvolvimento pela fabricante norte-americana com o auxílio dos comandantes, engenheiros e técnicos da GOL. Os novos aviões serão equipados com os motores LEAP-1B, da CFM International, e terão uma avançada tecnologia nos winglets. Estas e outras inovações reduzirão o consumo de combustível e a emissão de gases poluentes em até 13%, na comparação com os Boeing 737 Next Generation.
Além disso, as aeronaves poderão decolar com mais peso e terão mais autonomia no voo.

“A decisão de encomendar os Boeing 737 MAX vem em linha com o nosso compromisso em manter uma frota moderna, jovem e extremamente segura, que nos permita sustentar nossa vantagem competitiva no futuro”, destaca o presidente da GOL, Paulo Kakinoff. “O novo avião será um dos equipamentos com o melhor custo-benefício do mercado, por apresentar uma economia operacional incomparável. Isto é condizente também com o
nosso modelo de negócio low cost”.

A GOL tem parceria com a fabricante norte-americana desde o início de suas operações, é a principal cliente da família 737 na América Latina e uma das cinco maiores no mundo.

Com Melhores destinos