Image abuso-no-onibus-825x509-696x429

Na tarde dessa quarta feira (15) a Polícia Civil através da delegada de infância e juventude Alba Tânia Casemiro divulgou ter concluído que em hipótese alguma aconteceu o estupro de uma adolescente após sair de um ônibus em Campina Grande, na noite da segunda-feira (13).

A delegada contou a nossa reportagem que a jovem teria problemas psicológicos e que confessou ter evitado o estupro.

Dois detalhes extremamente importantes chamaram a atenção dos policiais.

1- O exame sexológico realizado na jovem não demostrou vestígios de material genético nem sinais de violência.

2- Na entrevista concedida a imprensa foram apresentadas as imagens das câmeras de segurança que ficam instaladas dentro do coletivo. A câmera de segurança do ônibus mostra que a jovem entra e sai sozinha do transporte.

A jovem deve passar por acompanhamento psicológico e a Polícia Civil trata o caso como denunciação caluniosa.

ENTENDA O FATO

Na noite da segunda feira (13) a estudante compareceu a Central de Policia e informou  que estava dentro de um ônibus com destino a UEPB e foi forçada a descer por dois suspeitos um deles armando com uma faca. Em seguida ela teria sido levada por um desses homens  e estuprada em um terreno escuro. O fato teve ampla repercussão na imprensa da Paraíba e deixou a cidade assustada.

ASSISTA O VÍDEO

 

Da redação com assessoria