Image

Dois acusados de roubos milionários foram presos sexta feira (10), data em que planejavam realizar mais um assalto que rendesse muito dinheiro. José Carlos da Costa Brabo, 23 anos, e Rogério Barros Figueiredo, 25 anos, foram presos pela Polícia Civil numa casa do bairro do Cinza, em Campina Grande, onde seria o QG dos assaltantes.

De acordo com a PC, os suspeitos estavam de posse de veículo roubado no Estado do Ceará. Dentro do veículo, havia um mapa do local onde possivelmente seria realizado o roubo. Também foram apreendidos no imóvel joias e relógios, supostos produtos de ações criminosas em outros Estados.

Os presos têm extensa ficha criminal, principalmente no Estado do Pará. Eles já estavam com passagens compradas para Belém (PA), que seria uma possível rota de fuga pós-roubo. A Delegacia Especializada de Crimes Contra o Patrimônio (DRF) evitou o possível roubo com base em investigações. Os policiais foram cumprir medida Cautelar de Busca e Apreensão, que foi concedida pelo Judiciário para agilizar o desfecho das investigações.

 

Com PB Debate