Image dolletas-696x392

O dólar iniciou a segunda-feira em alta ante o real após pesquisas de intenção de votos apontarem o avanço do candidato do PT, Fernando Haddad, na disputa pela Presidência.

Na sexta-feira, o Datafolha mostrou Haddad, que o mercado considera menos comprometido com as contas públicas, empatado na segunda posição com Ciro Gomes (PDT) com 13 por cento, ante 9 por cento do petista na pesquisa de segunda-feira. Já o candidato que mais agrada ao mercado, Geraldo Alckmin (PSDB), perdeu um ponto e foi a 9 por cento.Já nesta segunda-feira o levantamento do BTG Pactual também mostrou Haddad em segundo lugar. Ambas as pesquisas mostram que o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, segue na liderança.

Os investidores aguardam agora os números da pesquisa CNT/MDA de intenção de votos a ser divulgada às 11h.

Às 9:19, o dólar avançava 0,80 por cento, a 4,2001 reais na venda, depois de terminar o último pregão em queda de 0,69 por cento, a 4,1667 reais. O dólar futuro tinha alta de cerca de 0,5 por cento.

O Banco Central realiza nesta sessão leilão de até 10,9 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares para rolagem do vencimento de outubro, no total de 9,801 bilhões de dólares.

Se mantiver essa oferta diária e vendê-la até o final do mês, terá feito a rolagem integral.