Image PMCG-696x392

Os servidores da saúde de Campina Grande podem paralisar as atividades a partir desta terça-feira, 11, em decorrência do atraso nos salários, prática que tem se repetido corriqueiramente por parte da gestão municipal.

De acordo com o vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab), Giovanni Freire, os efetivos devem paralisar, seguindo decisão soberana de assembleia realizada ainda em dezembro do ano passado e que toma como princípio o que está previsto na CLT, que definiu paralisação por tempo indeterminado caso o salário não fosse depositado até o quinto dia útil, que este mês caiu nesta segunda-feira, 10, por conta do feriado.

“Mais uma vez os servidores da saúde de Campina Grande entram o quinto dia útil sem receber o salário, fato que tem se repetindo nesta gestão. Os trabalhadores têm contas, têm que se manter, pagar transporte, alimentação, mas infelizmente todos os meses a agonia se repete”, destacou o vice-presidente.