Image delegado_braz1-696x465

Quatro pessoas foram presas em João Pessoa, nesta quinta-feira (20), suspeitas de integrar uma quadrilha especializada no tráfico interestadual de drogas. De acordo com as primeiras informações repassadas pela Polícia Civil, a quadrilha era comandada por um advogado.

Uma bacharel em Direito também foi detida. Os presos foram levados para a Central de Polícia Civil da Capital, onde devem prestar depoimento.

Os trabalhos de investigação da Operação Sintetcus, deflagrada hoje, são da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), sob o comando do delegado Braz Morroni.

Eles são apontados por tráfico de drogas sintéticas como êcstasy, LSD e skank, que é conhecida como a ‘super maconha’, por isso o nome da operação é ‘Sintectus’, informou o delegado Braz Morroni