Image

O comunicador Fabiano Gomes, que está preso há 25 dias no PB-1 em João Pessoa após descumprir medidas cautelares no âmbito da Operação Xeque-Mate, precisou ser atendido novamente por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência no último sábado (15).

Conforme a publicação, esta teria sido a terceira vez que os socorristas são acionados. De acordo com os profissionais de saúde que realizaram o ultimo atendimento, Fabiano foi diagnosticado com dor aguda e feridas nas pernas devido ao diabetes.

Na semana passada, a defesa do radialista ingressou com um pedido de prisão domiciliar e internação. Fabiano foi preso no mês passado, após deixar de assinar a frequência na Justiça.