Image sddefault-2

Um soldado da Polícia Militar, de 27 anos, foi atingido por uma facada na nuca ao tentar salvar uma amiga de três homens do grupo de motoqueiros Abutres. A tentativa de estupro e de homicídio aconteceu na noite de quinta-feira (2), em um bar da Praça da Mandioca região central de Cuiabá.

De acordo com o boletim de ocorrência, uma equipe do 24º Batalhão de Polícia Militar, onde o soldado também é lotado, foi até o Pronto-Socorro, verificar a situação de tentativa de homicídio.

No local, a esposa da vítima relatou que estava com o marido e outras duas mulheres no bar, quando uma foi cercada e arrastada por três homens com coletes de motoqueiros escrito “Abutres MT”.

Segundo relato, a amiga foi forçada a ir para o banheiro pelos acusados. Ao perceber a ação, o policial foi defender a vítima afirmando que ninguém faria nada com ela, pois a mulher estava bêbada. Eles teriam respondido que “assim que é bom”.

Em seguida, um dos homens avançou no policial e acertou uma facada em sua nuca, pelas costas.

O autor da facada e os integrantes do grupo foram identificados pela polícia, porém, ninguém foi detido, pois eles fugiram do local.

O caso é investigado pela Polícia Civil.

Estado de saúde

Em contato com o , um familiar disse que o policial está internado em uma unidade de saúde, foi medicado e está em processo de recuperação do ferimento.

O ataque foi filmado por câmeras de segurança.

As informações são do portal REPÓRTER MT