MAIS VIOLÊNCIA. Caminhão carregado com 2 mil frangos vivos foi incendiado no Ceará. - image galinhas-1-696x392 on https://antv.news



Uma nova onda de ataques criminosos foi registrada na noite de sexta-feira e na madrugada deste sábado em vários pontos da cidade de Fortaleza e no interior. Os crimes ocorreram mesmo após a chegada de agentes da Força Nacional, enviadas ao Ceará por autorização do ministro da Justiça, Sérgio Moro. Na noite de sexta-feira e neste sábado, carros foram incendiados em um shopping e em uma concessionária de veículos, bancos foram atacados e os criminosos atiraram contra um supermercado na capital. Ainda durante a noite de sexta, um prédio localizado na Avenida Francisco Sá, na Barra do Ceará, foi incendiado. No local funcionava a antiga sede do Sine-IDT. O fogo chegou a atingir a parede das casas de uma vila que fica atrás do prédio. O Corpo de Bombeiros controlou as chamas e o fogo foi apagado.

Já passa de 80 o número de ataques criminosos registrados em Fortaleza, Região Metropolitana e Interior. Os atentados ocorreram entre a noite de quarta-feira e este sábado Foto: Jarbas Oliveira / Parceiro / Agência O Globo / Agência O Globo
Já passa de 80 o número de ataques criminosos registrados em Fortaleza, Região Metropolitana e Interior. Os atentados ocorreram entre a noite de quarta-feira e este sábado Foto: Jarbas Oliveira / Parceiro / Agência O Globo / Agência O Globo

Na madrugada deste sábado, no Bairro Mucuripe, também na capital cearense, dois veículos que estavam no pátio de uma concessionária foram queimados pelos bandidos. Segundo a polícia, os suspeitos chegaram em um outro veículo por uma rua lateral que dá acesso ao estabelecimento e incendiaram os veículos. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e conseguiu apagar as chamas. Nenhum suspeito deste ataque foi preso até o momento. Um outro carro foi incendiado em Maracanaú, também na madrugada deste sábado. Em Ibaretama, uma garagem de transportes públicos foi incendiada, e uma agência da Caixa Econômica foi atacada com tiros na Praia de Iracema, em Fortaleza. Em Pacoti, o prédio da Secretaria de Meio Ambiente de Pacoti foi atacado por criminosos. Salas foram quebradas e um carro foi incendiado. Dois ônibus de transporte escolar foram queimados durante a madrugada, um em Icapuí e outro em  Jijoca de Jericoacoara. E um caminhão carregado com galinhas foi  incendiado em Cauaia. Cerca de 2 mil frangos morreram. 

Já são quatro dias consecutivos de ataques dos criminosos. De acordo com o G1, desde o início da onda de violência até este sábado, o número de ataques criminosos chegou a 87. Os crimes ocorreram em Fortaleza, Tinguá, Pacatuba, Horizonte, Maracanaú, Caucaia, Pindoretama, Eusébio, Morada Nova, Jaguaruana, Canindé, Piquet Carneiro, Morrinhos, Aracoiaba e Baturité, entre outras cidades. Bandidos queimaram veículos do transporte público; carros de particulares e concessionárias; e atacaram diversos prédios públicos, como bancos, delegacias e prefeituras. Durante a madrugada de sexta-feira, o Palácio Municipal da Prefeitura de Maracanaú também foi atacado. Uma das salas no térreo, que estava em reforma, foi incendiada. Em Caucaia, uma bomba foi explodida na coluna de um viaduto na BR-020, mas o equipamento passou por obras e não corre o risco de desabar.

Com o Globo