A ASSOCIAÇÃO CAMPINENSE DAS ESCOLAS DE SAMBA E TROÇAS 
CARNAVALESCAS de Campina Grande divulgou na tarde desse domingo (04) uma nota oficial. Na nota a Associação diz que acha estranho a decisão da PMCG em não liberar o apoio financeiro para a realização do carnaval tradição.

ENTENDA O CASO

O desfile de escolas de samba conhecido como o “Carnaval da Tradição” não será realizado este ano em Campina Grande. O evento, que iria acontecer de 3 a 5 de março, foi cancelado. A informação foi divulgada pela prefeitura na manhã deste sábado (2). Essa será a primeira vez que o evento não acontece na cidade, após 48 anos de realização às margens do Açude Velho.

Em nota, a Secretaria de Desenvolvimento informou que o cancelamento do evento se deu após a retenção de recursos destinados a três entidades da cidade que foram contempladas em convênios em 2018, que, por razões diversas, deixaram de prestar contas ou efetivamente não conseguiram cumprir os parâmetros básicos exigidos por lei.

VEJA A NOTA DA PREFEITURA

De acordo com o presidente da Associação Campinense das Escolas de Samba e Troças Carnavalescas, Zé Neto, houve falha da associação. “Nos pediram uma prestação de contas que a gente vinha fazendo há mais de 30 anos de uma maneira, e aí esse ano fomos pegos de surpresa porque modificaram nosso sistema. Houve falha nossa porque a gente poderia ter visto o erro antes”, disse.

Além da Associação Campinense das Escolas de Samba e Troças Carnavalescas, realizadora do “Carnaval da Tradição”, mais duas entidades estão inadimplentes com o município por problemas na prestação de contas relativas aos repasses da prefeitura em 2018.

Segundo a prefeitura, “trata-se de uma situação desconfortável, principalmente levando-se em conta que, apesar de todas as dificuldades econômicas e conjunturais, a prefeitura tem feito, desde 2013, um esforço extraordinário para que as entidades responsáveis pela organização dos eventos no período de Carnaval – que desde 2018 estão inseridos no projeto ‘Carnaval da Paz’- recebam o suporte financeiro mínimo do município”.

Ainda de acordo com a nota, por maior que seja a vontade da prefeitura de apoiar esses eventos, são importantes os compromissos institucionais objetivos do poder público municipal no tocante aos quesitos transparência, responsabilidade fiscal e zelo na aplicação do dinheiro do contribuinte repassado a terceiros.

NOTA DA ASSOCIAÇÃO


A ASSOCIAÇÃO CAMPINENSE DAS ESCOLAS DE SAMBA E TROÇAS 
CARNAVALESCAS

COMUNICADO OFICIAL

– ACESTC, entidade sem fins lucrativos, legitimamente
constituída, organizadora do CARNAVAL FOLIA DE TODOS, comunica a
população em geral, que após reunião extraordinária de sua Diretoria Executiva, 
realizada na tarde de hoje, 02 de Março do corrente ano decidiu:
1 – CANCELAR toda a programação do CARNAVAL FOLIA DE TODOS – Ano
2019, motivada pela ausência do aporte financeiro, historicamente cedido pela
gestão municipal e que “estranhamente” foi bloqueado, mesmo a ACESTC tendo 
atendido todas as solicitações do órgão liberador dos recursos.
2 – Proibir que toda e qualquer agremiação associada, desfile, se organize, ou 
pratique qualquer ato de manifestação, nas imediações do Parque do Povo, ou 
em qualquer outro evento religioso, que esteja sendo realizado em Campina 
Grande no período carnavalesco.
3 – Recomendar que TODAS as agremiações realizem o Carnaval de suas 
próprias comunidades, levando a alegria que é comum a todos nós e que nos 
motiva a continuar fazendo mais e melhor pelo Carnaval, mesmo, na maioria das 
vezes sem o mínimo de recursos.
4 – Orientar que todas as atividades sejam realizadas de maneira pacífica, 
serena e ordeira, pois precisamos mostrar a todos e principalmente aos que nos 
criticam e nos boicotam, o quanto somos da PAZ, que não temos o objetivo de 
obter lucro financeiro e que nosso maior “pecado” é querer levar alegria aos
quatro cantos da nossa cidade.
Juntos e organizados, em 2020, faremos o melhor carnaval de todos os tempos.
Com, ou sem o apoio do poder público.
Que Deus continue nos abençoando.
Campina Grande-PB, 02 de Março de 2019.
ASSOCIAÇÃO CAMPINENSE DAS ESCOLAS DE SAMBA E TROÇAS 
CARNAVALESCAS

Da redação com G1