Escola Estadual Severino Cabral - Reprodução/TV Paraíba

Alunos da Escola Estadual Severino Cabral, em Campina Grande, denunciaram um professor de geografia por prática de assédio sexual aos estudantes.

O docente ainda é acusado de coagir e ameaçar alunos, além de conduta homofóbica em sala de aula.

Um boletim de ocorrência foi prestado pelos alunos e o professor, que já foi afastado de suas funções na escola, será ouvido pela Polícia Civil.

A escola e a polícia, que abriram inquérito para investigar o ocorrido, mantiveram sigilo quanto à identidade do professor e dos alunos envolvidos.