Uma menina de 10 de anos tirou a própria vida neste domingo (17/3), com um tiro no ouvido, usando uma arma de fogo seu pai.

O fato ocorreu em São Caetano do Sul, cidade do grande ABC paulista.

Os policiais da Guarda Civil Municipal (GCM) foram acionados por volta das 9h. Quando chegaram ao local, no bairro São José, a menina já estava morta. 

De acordo com informações do pai da criança, ele se preparava para tomar banho quando a garota foi até o quarto e pegou a arma que estava sem munição.

As balas, segundo ele, foram colocadas no equipamento pela própria criança. Ao ouvir o tiro, o pai correu, mas, segundo contou à polícia encontrou na casa duas cartas escritas pela menina.

O teor das cartas não foi revelado e está sob investigação. De acordo com vizinhos, a mãe da menina morreu há oito meses.

O pai da criança é funcionário público. A arma, datada de 1992, estava no nome do dele. De acordo com vizinhos, a mãe da menina morreu há oito meses.

Fonte jornal Metrópole