Cartola vinha tratando um câncer no cérebro, mas acabou não resistindo


O ex-presidente do Vasco, Eurico Miranda, morreu no início da tarde de hoje no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada ao UOL Esporte por um dos filhos do cartola cruzmaltino. Eurico havia dado entrada horas antes no hospital Vitória, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, com complicações de um tratamento contra o câncer. Considerado o dirigente mais icônico da história do clube, ele tinha 74 anos.

Eurico Miranda estava em estado grave e não conseguia mais se alimentar nos últimos dias. Após encarar um câncer na bexiga e no pulmão nos últimos anos, Eurico lidava com um tumor no cérebro desde 2018.

O tratamento envolveu radiocirurgia e causou também um derrame, que piorou consideravelmente a sua saúde.

Da redação com UOL