Prefeito participou de videoconferência envolvendo setores do banco e Secretaria Nacional de Habitação. Ainda há 519 contratos pendentes

O prefeito Romero Rodrigues participou de uma videoconferência, na tarde desta quarta-feira, 3, na sede da Superintendência do Banco do Brasil em Campina Grande, no Centro, com executivos da instituição financeira. A principal pauta de Romero focou no pedido para, dentro das possibilidades do banco, uma maior celeridade na homologação dos contratos das pessoas sorteadas para a ocupação das unidades habitacionais do Conjunto Residencial Aluízio Campos.

Acompanhado do secretário Alexandre Almeida, de Planejamento, Gestão e Transparência, e da gerente de Desenvolvimento e Trabalho Social da pasta, Alba Valéria Melo, Romero participou da reunião que teve uma videoconferência envolvendo o setor habitacional do BB, em São Paulo, e a Secretaria Nacional de Habitação, do Ministério da Infraestrutura, em Brasília.
Constatando haver ainda, pelo menos, 519 contratos pendentes para conclusão do trabalho de seleção técnica dos sorteados para as 4.100 unidades habitacionais do Conjunto Aluízio Campos, Romero Rodrigues tentou sensibilizar o corpo técnico do BB, no sentido de acelerar mais o ritmo do trabalho de definição das famílias contempladas.

Ficou acertado, ao final da reunião, que o prefeito e equipe, acompanhados de representantes do BB, solicitação uma audiência ao Ministério Público Federal, em busca de apoio para o esforço concentrado nessa reta final de definições e homologações de contratos. O MPF tem sido um parceiro considerado essencial por Romero Rodrigues no acompanhamento de perto de todo o processo de seleção.

Presentes à reunião, em Campina Grande, participaram também Tiago Augusto Dias Carvalho Braz, da Agência Setor Público, de João Pessoa, e Célio Chagas Cintra, superintendente comercial do Banco do Brasil na cidade.

Com assessoria