O juiz Paulo Câmara votou pela elegibilidade do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) no julgamento da Aije do Empreender-PB, no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB). Agora já são quatro votos favoráveis, assegurando que os dois não podem mais ter os direitos políticos cassados.

Com os votos favoráveis de José Ricardo Porto, relator do caso; Antônio Carneiro e Michelini Jatobá, a Corte chega a 4 votos contra zero pela inelegibilidade. Como restam mais três votos, o placar não pode mais ser revertido.

Com os quatro votos favoráveis, o ex-governador Ricardo Coutinho se mantém apto a concorrer à Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) no ano que vem.

Com assessoria