O juiz Vladimir José Nobre de Carvalho, da Vara de Execuções Penais da Comarca de Campina Grande, determinou o encaminhamento da secretária de Educação do município, Iolanda Barbosa, para a Penitenciária Feminina da cidade.

O juiz ressaltou, no despacho, que as unidades prisionais do município não possuem celas distintas de onde ficam os presos comuns. Por ter curso superior, Iolanda ganhou o benefício de uma cela especial.

Neste caso, a Vara Militar, em João Pessoa, será oficiada para que o recolhimento da presa se dê em um batalhão do Estado.

Nesta quinta-feira (25), no entanto, Iolanda deve dormir na Penitenciária Feminina de Campina Grande.

Da redação com Paraiba Já