Brasília - Brasileiros aproveitam o sábado para sacar o FGTS inativo durante a segunda etapa do liberação do FGTS nas agências da Caixa Econômica (José Cruz/Agência Brasil)

A Caixa Econômica Federal abrirá aos sábados para liberar os saques do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Também haverá dias em que o banco abrirá duas horas mais cedo.

Os trabalhadores com contas ativas e inativas no fundo poderão retirar até R$ 500, a partir de setembro, conforme calendário divulgado pelo banco nesta segunda-feira (5). O pagamento vai até 31 de março de 2020.
De acordo com a Caixa, não são todas as agências que estarão abertas. Além disso, há sábados específicos para atendimento. O cidadão poderá consultar a lista das que funcionarão aos sábados no site www.fgts.caixa.gov.br.
Pelo calendário do banco, em setembro, as agências funcionarão nos sábados 14 e 28. Em outubro, estarão abertas nos dias 19 e 26, em novembro será em 9 e 23 e, em dezembro, nos sábados 7 e 21.
Quem tem conta-poupança na Caixa recebe a grana antes. O depósito é automático para quem abriu conta até o dia 24 de julho deste ano. Para os demais trabalhadores, os valores começarão a ser sacados somente em outubro. 

Um dia você pensou em um canal de TV para assistir em todas as plataformas de comunicação. Prepare-se. Esse canal está chegando.

O trabalhador que tiver até R$ 100 por conta para retirar pode fazer o saque nas lotéricas, utilizando CPF e documento de identificação com foto.
Valores até R$ 500 por conta podem ser sacados nas lotéricas ou correspondentes Caixa Aqui, utilizando documento de identificação e Cartão do Cidadão com senha. Também é possível sacar a grana nos caixas eletrônicos, com CPF e a senha Cidadão. Quem não tem o cartão pode fazer a solicitação na Caixa.
O banco também liberou o saque da grana das cotas do PIS. Ao todo, serão beneficiados mais de mais de 106 milhões de trabalhadores com a retirada dos recursos, que injetarão R$ 42 bilhões na economia até 2020.

Com agência Brasil