Apesar da determinação do prefeito Marcelo Crivella de que a HQ “Vingadores: A cruzada das crianças” fosse recolhida da Bienal do Livro, no Riocentro, a história em quadrinhos está esgotada desde a quarta-feira (4). 

A reportagem do jornal O Globo visitou os estandes que vendem quadrinhos na Bienal e constatou que em oito deles a história não estava disponível apenas por não fazer parte do estoque, no único estande onde era comercializada, a HQ estava esgotada há dois dias, 20 exemplares foram vendidos. 

A editora Devir, chegou a receber pedidos de outro estande após o pronunciamento do prefeito, “Eles queriam comprar da gente para revender no estande deles pois com essa repercussão o livro vai vender muito, assim como tudo que é proibido”.